Translate

Pessoas Inteligentes

sexta-feira, 2 de outubro de 2015

Lição 01 - Gênesis, o livro da criação divina (Subsídios)


ESBOÇO DO LIVRO DE GÊNESIS
 1) A Criação 1.1 – 2.3
 2) A Narrativa  pré-patriarcala) A história dos céus e da terra (2.4 – 4.26)
b) A história de Adão (5.1–6.8)
c) A história de Noé (6.9–9.29)
d) A história de Sem, Cam e Jafé (10.1–11.9)
e) A história de Sem (11.10-26)
 3) Os patriarcas na Palestina:  a formação do povo de  Deus
a) A história de Terá (11.27– 25.11)
b) A história de Ismael (25.12-18)
c) A história de Isaque (25.19-35.29)
d) A história de Esaú (36.1-43)
 4) Os patriarcas no Egito: o início  de fato da história  do povo de Deus a) A história de Jacó (37.1–50.26)

Como apresentado na tabela acima, o livro de Gênesis se divide em quatro partes principais: (1) a Criação; (2) a narrativa pré-patriarcal; (3) os patriarcas na Palestina; e 4) os patriarcas no Egito. Os 50 capítulos de Gênesis darão conta desse esboço, do desenvolvimento da história do povo de Deus. Tecnicamente, pode-se dizer que o gênero literário predominante no livro de Gênesis é o da narrativa.

As narrativas variam entre antes e depois da Era do Patriarcado na Palestina. Esse gênero literário nos permite perceber que as histórias ali narradas foram elaboradas de maneira a prender a atenção do leitor a ponto de levá-lo ao clímax da história: a saga do povo de Deus rumo à Terra Prometida. A partir dessa percepção, podemos inferir o propósito do livro de Moisés: contar a maneira e motivo de o Deus de Israel escolher a família de Abraão e fazer uma eterna aliança com ela. Para os cristãos, essa aliança tem uma importância preponderante, pois foi a partir da aliança de Deus com Abraão que Jesus de Nazaré foi feito o Messias prometido: o Messias seria judeu, da família de Davi, descendente direto da casa de Abraão. De modo que também a Igreja de Cristo foi pensada sob a aliança estabelecida entre Deus e Abraão. Por isso, o apóstolo Paulo escreve convictamente: “Nisto não há judeu nem grego; não há servo nem livre; não há macho nem fêmea; porque todos vós sois um em Cristo Jesus. E, se sois de Cristo, então, sois descendência de Abraão e herdeiros conforme a promessa” (Gl 3.28,29).

Portanto, há razão sufi ciente para dedicarmo-nos ao estudo do livro de Gênesis. Ele apresenta o início da história da salvação. Em Gênesis, somos convidados a compreender como começou a história do povo de Deus que culminou na revelação de Jesus Cristo, a fi m de que hoje fôssemos alcançados pela graça de Deus em Cristo Jesus, o nosso Senhor.

Fonte: Revista Ensinador Cristão, nº 36.

As + "Como Águia me Renovo"