Translate

Pessoas Inteligentes

sábado, 12 de julho de 2014

O PROPÓSITO DA TENTAÇÃO - SUBSÍDIO PARA LIÇÃO BÍBLICA


Qual é a principal estratégia do inimigo para levar as pessoas ao pecado? Tentá-las é a resposta. Só quando percebermos e conseguimos neutralizar as ações do Inimigo, das seduções do mundo e das inclinações da carne, através da observação de alguns princípios bíblicos, é que sairemos vitoriosos sobre as tentações.


O QUE É A TENTAÇÃO

Conforme o Dicionário Bíblico Wycliffe, os termos hebraicos massa e nasa, podem, às vezes, ter o significado de "induzir ao pecado". Mas seu principal e predominante significado é o de "testar o valor e o caráter de homens" e, às vezes, os de Deus (Hb 3.9).
"Tentação", do latin tentatione, pode significar indução ao erro. Segundo Vine (2003, p. 1014-1015), a palavra grega para “tentação” é peirasmós e ekpeirazõ. Esta palavra é usada com os seguintes significados:
- Provas com o propósito e efeito benéficos (Lc 22.28; At 20.19; Tg 1.32; I Pe 1.6; 4.12; 2 Pe 2.9);
- Com um significado bom ou neutro (Gl 4.14);
- Provas de caráter variado (Mt 6.13; Lc 11.4; I Co 10.13);
- Prova projetada definitivamente a conduzir à má ação, “tentação” (Lc 4.13; 8.13; I Tm 6.9);
- A “tentar” ou desafiar Deus, por homens (Hb 3.8).


CONCEITO TEOLÓGICO


"Tentação" pode ser definida como uma influência interna ou externa, de origem divina (quando se refere ao fato de Deus "provar" o homem, 1 Pe 4.12), diabólica (malígna, Mt 4.7) ou humana (carnal, Tg 1.14), que embora, em si, não seja pecado, pode conduzir ao mesmo (Tg 1.15).



OS CINCO ESTÁGIOS DA TENTAÇÃO (Tg 1.14-15)


Classifica-se os estágios ou processos da tentação, em cinco. São eles:

- Inclinação. "Ao contrário, cada um é tentado pela sua própria cobiça". Dá-se em virtude da natureza pecaminosa do homem;
- Atração. "quando esta o atrai". A atração, percepção seguida da atenção é resultado natural da ação dinâmica dos nossos sentidos (tato, olfato, visão. audição e paladar);
- Sedução. "e seduz". Sedução, conforme o Dicionário Michaelis, significa "1. Ato ou efeito de seduzir ou de ser seduzido. 2. Qualidade de sedutor. 3. Encanto, atração, fascínio." A sedução é uma ação envolvente, que de maneira sútil, embriaga, neutraliza a razão, podendo ser considerada um estágio avançado no processo da tentação;
- Concepção. "Então, a cobiça, depois de haver concebido". A idéia aqui, é a do estabelecimento pleno do desejo de pecar, de transgredir, de realizar o desejo, independente das consequências. O pecado está a um passo;
- Consumação. "dá à luz o pecado; e o pecado, uma vez consumado,". O pecado é o resultado da consumação de todo o processo pertinente a tentação. Este processo pode ser lento ou rápido, planejado minuciosamente ou entregue aos acontecimentos. A consequência imediata deste último estágio é a morte (Gn 2.17; Rm 6.23).



É POSSÍVEL RESISTIR A TENTAÇÃO


Segundo Champlin (2001, p. 351) "A tentação, se não for dominada, destrói a fibra moral. Mas, uma vez que lhe oferecemos resistência, isso melhora a qualidade moral de nosso ser".
A Bíblia é clara e categórica, quando afirma que as tentações podem ser resistidas, suportadas e vencidas:
"Bem-aventurado o homem que suporta, com perseverança, a provação;" (Tg 1.12)
"Sujeitai-vos, portanto, a Deus; mas resisti ao diabo, e ele fugirá de vós." (Tg 4.7)
"Não vos sobreveio tentação que não fosse humana; mas Deus é fiel e não permitirá que sejais tentados além das vossas forças; pelo contrário, juntamente com a tentação, vos proverá livramento, de sorte que a possais suportar." (1 Co 10.13)


COMO VENCER A TENTAÇÃO


A observância de alguns princípios e orientações da Palavra de Deus nos conduzirá sempre para a vitória sobre a tentação. Dentre os tais, podemos citar:
- Vigiar e Orar. "vigiai e orai, para que não entreis em tentação; o espírito, na verdade, está pronto, mas a carne é fraca." (Mt 26.41; Mc 14.38);
- Mortificar os feitos do corpo, através de uma vida guiada pelo Espírito."Porque, se viverdes segundo a carne, caminhais para a morte; mas, se, pelo Espírito, mortificardes os feitos do corpo, certamente, vivereis. Pois todos os que são guiados pelo Espírito de Deus são filhos de Deus.” (Rm 8.13-14);
- Andar no Espírito. "Digo, porém: andai no Espírito e jamais satisfareis à concupiscência da carne". (Gl 5.16);
- Viver por fé. "porque todo o que é nascido de Deus vence o mundo; e esta é a vitória que vence o mundo: a nossa fé." (1 Jo 5.4);
- Fazer a vontade de Deus. "Ora, o mundo passa, bem como a sua concupiscência; aquele, porém, que faz a vontade de Deus permanece eternamente." (1 Jo 2.17).

A tentação não faz acepção de pessoas. Ela se faz presente na vida de crianças, jovens, adultos e anciãos. Ela não respeita condição ou posição social, novos convertidos ou veteranos na fé. Congregados, membros, líderes e oficiais da igreja, também estão incluso. 
Crentes carnais ou espirituais, famosos ou anônimos, profanos ou santos, íntegros ou imorais, casados ou solteiros, verdadeiros ou hipócritas, obedientes ou insubmissos, também não escapam.
Todos os dias, milhares de cristãos caem em tentação. Enquanto você lê esse texto, estou certo de que em sua vida, uma das etapas do processo da tentação está sendo vivenciada. Desperte, acorde, fuja, resista, lute, clame, rompa agora com a possibilidade do pecado.
É preciso lembrar, que tentação não envolve apenas questões "sexuais", antes, inclui qualquer questão moral e espiritual. Tentação envolve desobedecer a Deus, transgredir os seus mandamentos, negar através de ações o amor que declaramos a Ele.


* Texto Publicado no livro "Uma Igreja com Saúde"
Fonte: Blog do Pastor Altair Germano

As + "Como Águia me Renovo"