Translate

Pessoas Inteligentes

terça-feira, 9 de junho de 2015

Saeed Abedini permanece firme, recusando-se a negar a Cristo na prisão


O pastor Saeed Abedini, que continua preso e sofrendo com seu estado de saúde fragilizado e as más condições do presídio no Irã, se mantém firme no propósito de que seu testemunho inspire outros seguidores de Cristo, e continua recusando a proposta das autoridades de negar sua fé.

A informação foi repassada por sua esposa, Naghmeh Abedini, que novamente se manifestou pedindo a liberdade de seu marido. Segundo informações do siteChristian Today, ela foi convidada a participar de uma audiência do Congresso dos Estados Unidos.

Na ocasião, Naghmeh disse que a prisão de seu marido no Irã causou feridas em sua família: “Minha mensagem é mostrar um vislumbre da dor que passamos como uma família dilacerada. Minhas crianças perderam tanto seu pai para uma prisão no Irã, e também a sua mãe, pois eu viajo para advogar em nome do meu marido. É difícil voltar para casa sem respostas sólidas, espero que este seja o momento em que poderemos trazer Saeed para casa”, afirmou.

A esposa do pastor disse que Saeed Abedini recusa-se a negar a Cristo, mas sofre diariamente por sua fé: “Ele foi torturado, especialmente os primeiros meses ele foi espancado, quando hemorragia interna começou. Ele se recusa a negar sua fé cristã… eles estão colocando-o dentro e fora da solitária para quebrá-lo [psicologicamente]. Eu não estou preocupada apenas sobre sua dor física, mas o seu psicológico. Eles querem, quando eles liberarem Saeed, libertar uma pessoa muito doente. O tempo é a essência”, comentou a esposa do pastor.

Esforços

Em janeiro deste ano, o presidente Barack Obama recebeu a família do pastor Saeed Abedini em Idaho e prometeu fazer todos os esforços possíveis para libertá-lo da prisão.

As relações entre os governos dos dois países são extremamente complexas e limitadas, devido aos interesses conflitantes de ambos na política internacional e na questão das energia nuclear.

“Estou extremamente grata ao presidente, que separou um tempo para se encontrar com a nossa família e nos garantiu que a libertação de meu marido é uma prioridade”, afirmou Naghmeh após o encontro.

Fonte: Gospel Mais

As + "Como Águia me Renovo"