Translate

Pessoas Inteligentes

quarta-feira, 18 de junho de 2014

Missionários brasileiros são absolvidos no Senegal

Acusações de proselitismo e aliciamento de menores podiam render cadeia

por Jarbas Aragão



O site da Missão Portas Abertas divulgou ontem (17) que os missionários José Dilson e Zeneide Morais, foram inocentados no Senegal. Um ano e meio após terem sido presos acusados de desrespeitar o islã e de aliciar menores, seu julgamento final os deixou livres de todas as acusações.

Em 20 de maio, José Dílson e Zeneide foram julgados durante aproximadamente 3 horas. Mesmo com quatro advogados de defesa e falta de provas consistentes, a Promotoria conseguiu uma vitória preliminar, pedindo que eles cumprissem dois anos de prisão mais o pagamento de uma multa.

A sentença final agora possibilitará que eles continuem com o trabalho que fazem com crianças e adolescentes senegaleses em situação de rua, através de um projeto social.

Eles respondiam em liberdade, mas estavam proibidos de deixar o país enquanto aguardavam a decisão da Justiça.

Na capital Dacar os missionários brasileiros fundaram a Escola ABC e o Projeto Obadias, sendo financiados por uma ONG cristã. Além de educação, a escola oferece alimentação para crianças carentes. Foi o pai de uma dessas crianças que os acusou de aliciar menores. Também reclamou às autoridades que seu filho se recusou a recitar uma oração muçulmana e estava exibindo “comportamento cristão”.

A missão Portas Abertas agradeceu, em nome dos missionários, as orações a seu favor e lembrou do versículo de 1 Coríntios 12.26 “Quando um membro sofre, todos os outros sofrem com ele; quando um membro é honrado, todos os outros se alegram com ele.”

Fonte: Gospel Prime

As + "Como Águia me Renovo"